Seguidores

quinta-feira, agosto 18, 2011

Rir é um santo remédio para o ambiente corporativo


O oposto do lúdico, da diversão, não é trabalho. É depressão.

Tudo começou com o Dr. Madan Kataria, um médico de Mumbai, Índia, popularmente conhecido como o “Guru dos Cochichando” (London Times), é o fundador do Riso Yoga Clubes movimento iniciado em 1995. Ao pesquisar os benefícios da risada, ele ficou surpreso pelo número de estudos demonstrando profundo benefícios fisiológicos e psicológicos do riso. Ele decidiu encontrar uma maneira de proporcionar estes benefícios a seus pacientes e outras pessoas. Ele já chegou a reuniu 12 mil pessoas no Jockey Clube de Mumbai/Índia para comemorar o primeiro Dia Mundial da Gargalhada que, desde então, acontece todos os anos, no primeiro domingo de maio.
Segundo o Dr. Kataria o riso é um vírus do bem e contagioso, já que é muito difícil alguém passar imune quando se observa alguém rindo. Esse movimento se espalhou rapidamente nos EUA, Canadá, Europa, Austrália, Oriente Médio, Sudeste Asiático, China e África, este novo conceito tem sido amplamente coberta por publicações de prestígio como a revista Time, National Geographic, e do Wall Street Journal e apresentado na CNN , da BBC, as redes dos EUA e da Oprah Winfrey Show.
Os exercícios propostos pelo Dr. Kataria, na sessão de gargalhada, começam com uma respiração profunda e a emissão de sons – Ho… Ho… Há… Há… Há… – seguidos da prática de várias técnicas de riso estimulado. Para sorrir, são utilizados 14 músculos!
Mas o que significa dar risada? Em primeiro lugar, risada não é a mesma coisa que humor. O riso é a resposta fisiológica ao humor. A risada consiste em duas partes: um conjunto de gestos e a produção de um som. Quando rimos, o cérebro nos pressiona a realizar ambas as atividades simultaneamente. Quando damos gargalhadas, acontecem mudanças em muitas partes do corpo, até nos músculos do tronco, do braço e das pernas.
O riso tem mais a ver com relacionamentos do que com piadas. As crianças riem centenas de vezes ao dia e os adultos mal chegam a rir uma dezena de vezes.
Ultimamente, o humor vem se mostrando um parâmetro preciso de eficácia gerencial, inteligência emocional e modo de atividade mental característico do lado direito de cérebro. O riso é uma forma de comunicação não-verbal. Pessoas que riem são mais criativas e produtivas. Pessoas que riem juntas conseguem trabalhar por mais tempo próximas.

E aqui vai uma Dica: Uma vez por semana, anote quantas vezes a sua equipe deu risada em conjunto. Observe esses momentos e tente identificar quais são os elementos que contribuem para um ambiente mais leve, descontraído e acolhedor. E aposte neles. Sua equipe certamente agradecerá!


  Não leve a vida tão a sério!

2 comentários:

ANTONIO RIBEIRO disse...

DIANA, PRABÉNS PELO SEU TRABALHO PRESTADO PELA EDUCAÇÃO, EM ICÓ MUITO BOM, EU VISITEI O SEU BLOG , E JÁ ESTOU SEGUINDO. É O ANTONIO DO BLOG SERTÃO9 GOSTEI DO SEU COMENTÁRIO SOBRE O REI DO BAIÃO. ESPERO PODER CONTAR COM VC PARA DIVULGARMOS A CULTO DO NORDESTE. QUAL QUER COISA CONTE COMIGO, AGUARDO CONTATO. ANTONIO

Diana Colaça Pereira disse...

Muito obrigado Antonio!!!! Gostei muito do seu blog, tenho uma grande admiração pelo Rei do Baião, e vamos sim fazer divulgação desse grande homem que muio contribuiu e ainda contribui para a cultura popular brasileira.
Um grande abraço e é um prazer te-lo como membro do "Educação e Ensino"